19.1.11

Entre tantas coisas...


“Eu não procuro alguém pra pertencer e ter posse, só quero uma fonte segura de amor que não dependa das obrigações, das falas decoradas, dos scripts prontos. Eu sei que eu abri mão de várias oportunidades. Sei que fiz pouco caso do amor que me entregaram de maneira pura e gratuita, só porque eu achava que podia encontrar coisa melhor. Se as pessoas estão sempre indo e vindo, eu só queria alguém minimamente eterno em sua duração, que me fizesse parar de achar normal essa história de perder as pessoas pela vida."

4 comentários:

Fernand's disse...

esse é o tipo de coisa que entra em contato quando a gente menos espera.


;)

Daniel disse...

O que achei?
fascinante minha querida.
impressionante o texto
de grande maestria e afeição.
é este amor líquido que tem participado pelo mundo, não durável.
Os amores antigos, trovadorescos
estão se esvaindo> mas não percamos as esperanças, porque para quem merece, o amor sempre se entrega.
Importante busca princesa, importante busca. Beijos carinhosos,

Dan

Anônimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel

***Eli Amorim*** disse...

Fê,
Obrigada pela visita. Com certeza esse tipo de coisa sempre entra em contato. Impossível prevê... Bjos.

Daniel,
Obrigada pela visita. :) Que bom que gostou. Isso é verdade, não podemos perder a esperança e buscar sempre!!!

Daniel,
On peut dire que je suis un expert sur ce sujet, mais Daniel.
Merci de votre visite. Hugs.

 
↑Top