13.5.09

Dança = Minha Alegria!



Hoje mudei o template do meu blog, graças a uma nova amiga, e enquanto procurava por um template novo, me deparei com este, esta personagem dançando parece comigo, quando amarro o cabelo, até as mechas loiras se parecem, e por coincidência, gosto do tipo de dança.

Resolvi colocar este template para incrementar o meu blog, esta minha mistura de sangue espanhol, com sangue latino, me deixa maluca, adoro dançar, não melhor, eu AMO dançar, ainda não tive a oportunidade de dançar flamenco, ou nenhuma outra dança latina, a única que eu sei é uma dança chamada zouk, uma espécie de lambada francesa, mais sensual que as outras.

Porém, a dança me fascina, me completa, adoro dançar, quando vou para algum lugar para dançar, vou pra dançar... E é engraçado, porque alguns homens chegam até mim em alguma balada, com talvez segundas intenções, mas não quero me envolver com ninguém no momento que estou dançando, quero me envolver com a música, com a dança, com a alegria que ela me dar... Somente depois penso se vou me envolver com aquela pessoa... E aproveito para deixar aqui um texto que AMEI, e que tem muito a ver comigo... simplesmente lindo!




Quando meu corpo Dança!!!

Eu danço aquele dia.
Danço aquilo que fiz.
Danço aquilo que pensei.
Danço aquilo que senti.
Danço aquela conquista, quando me achei a mulher mais feliz do mundo. No mover dos meus braços está aquela felicidade. Estão em meu rosto todos os sorrisos...
Danço aquela lembrança, aquele passado nunca esquecido. Nas minhas pernas está esse caminhar longínquo enquanto danço...
Danço aquele alguém.
Danço o amor. Está em meus olhos enquanto me movo...
Danço aquele beijo. Meu corpo desenha aquela noite... o sentir da pele, do outro corpo... o nós dois nos momentos em que fomos um...
Danço aquela discussão que tivemos. E aquela que não. A raiva que senti está em meu rosto, enquanto meu corpo faz aquele movimento... sai pelos meus poros junto ao suor...
Danço aquela dor. Meu corpo diz... Diz sobre meus medos e minhas angústias enquanto danço...
Danço aquilo que gostaria de falar e não falei. Digo com o meu corpo enquanto danço. Quando travei meus dentes com força para prender as palavras que queriam sair... não saíram naquele momento, mas saem naquele giro...
Danço aquela mágoa, deixando passar o momento. Era sofrimento. Torna-se perdão naquele salto...
Danço aquele choro. Meu corpo desenha as lágrimas e diminui o tamanho daquela dor enquanto danço...
Danço os meus segredos. Os mais íntimos e indizíveis. Meu corpo escreve essas palavras não ditas enquanto danço. Até os meus dedos movimentam essas sensações...
Danço os meus sonhos, minhas fantasias... estão em cada passo. Meu corpo paira sobre nuvens... são os meus sonhos esquecidos... perdidos... estão ali enquanto danço...
Danço a minha vida. Os movimentos, ao mesmo tempo que refletem, revivem... vivem... resolvem... tocam... terminam... começam... Mostram e me tornam aquilo que sou...
Danço tudo de mim.
Danço a mim mesma... E, ao fim, ofegante... respiro a minha história.
Créditos: Tati Guidio
Eli Amorim.

3 comentários:

♥Lidi Dimbarre♥ disse...

Ficou linda a nova aparência do seu blog, é assim que tem que ser, o seu blog demonstrar a sua alma a quem visita.
Eu também adoro dançar, mas aqui no sul são outros estilos, porém deliciosos de se envolver.

Beijos;
Lidi

Pêjotinha' disse...

minha querida bate o pé no chão, vai dançando até que a música te envolva de tal forma que passes a flutuar sobre o soalho... :)
vai.. dança! ^^

beijinho*

***Eli Amorim*** disse...

Já estou a dançarrrr, pekena portuguesa!!!
Adorei teu blog!

Eli Amorim...

 
↑Top